• Histórico
  • Quadros

Pesquisa Anual da Indústria da Construção - PAIC

Pesquisa Anual da Indústria da Construção - Novos dados para 2016 e atualização de dados para 2014 e 2015

Conceituação das variáveis

Variáveis 1990-1995

Aquisições do Ativo Imobilizado - compreendem os recursos aplicados em bens de permanência duradoura, destinados ao funcionamento normal da empresa, bem como ao valor de melhoramentos e benfeitorias que tenham aumentado a vida útil dos bens.

Baixas do Ativo Imobilizado - correspondem aos valores residuais dos bens, ou seja, aos custos de aquisição, deduzidos das depreciações acumuladas, corrigidos monetariamente, isto é, não correspondem ao valor de venda desses bens.

Custos e Despesas Operacionais - correspondem aos gastos incorridos no ano de referência, relativos à atividade de construção, independente de terem sido pagos ou não. Incluem os valores incorridos no ano de referência que tenham sido diferidos para anos subsequentes e excluem os valores diferidos em anos anteriores e apropriados no ano de referência. Excluem, também, os valores relativos às despesas financeiras e variações monetárias passivas, resultados negativos em participações societárias, débitos de correções monetárias, provisões constituídas, salários, retiradas e outras remunerações e encargos sociais e trabalhistas.

Encargos Sociais e Trabalhistas - correspondem aos valores referentes à parte do empregador, de competência no ano de referência, pagos ou devidos à Previdência e Assistência Social - IAPAS e demais encargos constantes da guia de recolhimento: FGTS, indenizações pagas a empregados por dispensa, contribuições para previdência privada e outros benefícios concedidos aos empregados (médicos, dentistas etc.).

Obras e/ou Serviços Executados - correspondem ao valor contratual e/ou de venda referente à proporção de custos e despesas das obras e/ou serviços efetivamente executados no ano, de acordo com os tipos de contratante e/ou comprador. No caso de incorporações próprias, o registro corresponde ao valor de venda das obras e benfeitorias executadas, mesmo que as unidades não tenham sido vendidas. Discrimina-se contratante e/ou comprador nas seguintes categorias: obras executadas para entidades públicas e entidades privadas ou pessoas físicas, e serviços da construção executados para entidades públicas e entidades privadas ou pessoas físicas.

Pessoal Ocupado - - corresponde ao registro do número de pessoas ocupadas que, em 31/12 do ano de referência, exerciam efetivamente ocupação na empresa de acordo com as categorias funcionais descritas no questionário (vide fac-símile ao final). Inclui as pessoas que em 31/12 encontravam-se afastadas por motivo de férias, de licença, seguros por acidentes etc., desde que estes afastamentos não tenham sido superiores a 30 (trinta) dias. Não é considerado o pessoal sem vínculo empregatício, pessoal dos serviços prestados por terceiros e locação de mão-de-obra. O pessoal ocupado é discriminado, segundo os seguintes grupos: proprietários ou sócios com atividade na empresa, presidentes e diretores; pessoal não ligado à construção; e pessoal ligado à construção, tais como: pessoal de nível superior (gerentes, chefes e supervisores), mestres e encarregados, operários, armadores,carpinteiros, pedreiros, serventes etc., com atividade na empresa.

Receitas Operacionais Suplementares - correspondem às receitas operacionais suplementares apropriadas no ano. Incluem os valores incorridos no ano de referência que tenham sido diferidos para anos subsequentes, e excluem os valores diferidos em anos anteriores e apropriados no ano de referência. Excluem, também, os valores relativos a receitas financeiras e variações monetárias ativas, resultados positivos em participações societárias, créditos de correções monetárias e reversões de provisões.

Salários, Retiradas e Outras Remunerações Relativas ao Ano – correspondem à soma das importâncias pagas no ano a título de salários fixos, pró-labore, retiradas, honorários, comissões, ajudas de custo, 13o salário, abono financeiro de 1/3 e venda de parcela de férias etc., sem dedução das parcelas correspondentes às cotas de Previdência e Assistência Social (IAPAS). Excluem os pagamentos a trabalhadores em domicílio e, ainda, as participações pagas a profissionais autônomos.

Valor Adicionado - corresponde ao Valor Bruto da Produção (VBP) menos o Consumo Intermediário (CI), sendo:

VBP = receitas operacionais suplementares + valor das obras - custos dos terrenos;

CI = custos e despesas operacionais - (depreciações e amortizações dos ativos + impostos e taxas + terrenos).

Variáveis 1996-2001

Aluguéis e arrendamentos (exclusive leasing) - despesas com aluguéis e arrendamentos de imóveis e aluguéis de máquinas, equipamentos e veículos. Inclui também as taxas de condomínio.

Aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis - montante dos recursos aplicados, no ano de referência da pesquisa, na aquisição de bens de permanência duradoura destinados ao funcionamento normal da empresa, identificando-se as aquisições de terceiros, a produção própria realizada para o ativo imobilizado e melhorias. Inclui os gastos necessários para colocar os itens especificados em local e condições de uso no processo operacional da empresa. Melhorias são benfeitorias e melhoramentos que tenham aumentado a vida útil dos bens. Não incluem encargos financeiros decorrentes de financiamento. Os recursos aplicados em aquisições de terceiros, produção própria e melhorias estão discriminados em: terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras aquisições (móveis, microcomputadores, etc.).

Ativo (total) - valor total do ativo da empresa: circulante, realizável a longo prazo e permanente.

Baixas (de ativos tangíveis) - valor residual dos bens, ou seja, os custos de aquisição corrigidos monetariamente e deduzidos dos saldos das contas de depreciação na data em que se deram as baixas. A diferença positiva entre o valor de venda e o valor residual é considerada receita não operacional e a diferença negativa, despesa não operacional. As baixas estão desagregadas em terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras baixas (móveis, microcomputadores, etc.).

Benefícios concedidos aos empregados - despesas com auxílio-refeição, vale-transporte, despesas médicas e hospitalares, creches, auxílio-educação, planos de saúde, seguro de vida em grupo, etc.

Consumo de combustíveis e lubrificantes - gastos incorridos no ano com o consumo de óleo combustível, óleo diesel, querosene, gasolina, etc.

Consumo intermediário - variável derivada, obtida pela soma dos seguintes custos e despesas: consumo de combustíveis e lubrificantes, consumo de materiais de construção, obras e serviços contratados a terceiros, serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros, aluguéis e arredamentos, despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros, prêmios de seguros, royalties e assistência técnica, serviços prestados por terceiros e, despesas não operacionais. Ver itens específicos.

Consumo de materiais de construção - valor dos materiais de construção adquiridos, contabilizados como gastos correntes, incluindo o valor dos fretes referentes à compra dos materiais.

Contribuições para a previdência privada - despesa referente à parte do empregador paga ou creditada a entidades de previdência privada para complementação da aposentadoria dos empregados.

Contribuições para a previdência social - despesa referente à parte do empregador relativa à contribuição para a Previdência Social do pessoal ocupado na empresa.

Custos das obras e/ou serviços da construção (total) - variável derivada, obtida pela soma do consumo de combustíveis e lubrificantes, materiais de construção, custos das obras e/ou serviços contratados a terceiros, custos dos serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade de construção, prestados por terceiros, e o custo dos terrenos (parte apropriada no ano).

Custos e despesas (total) - variável derivada, obtida pela soma dos gastos de pessoal total com os custos das obras e/ou serviços da construção e os outros custos e despesas.

Deduções - variável derivada, obtida pela soma dos valores a serem deduzidos da receita bruta relativos às vendas canceladas e descontos incondicionais, e aos demais impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços, como ISS, COFINS, SIMPLES, etc.

Demais custos e despesas operacionais - despesas com correios, telefone, material de expediente, comissões, água e esgoto, energia elétrica contabilizada como despesa, combustíveis e lubrificantes gastos com meio de transporte, diárias pagas a empregados em viagens, comissões sobre vendas, etc.

Depreciação, amortização e exaustão - despesas com depreciação de ativos de uso operacional ou administrativo e amortização de ativos tangíveis ou de gastos pré-operacionais e exaustão dos ativos intangíveis – recursos minerais e florestais.

Despesas com arrendamento mercantil (leasing) - despesas vinculadas aos contratos de arrendamento mercantil (leasing) de máquinas, equipamentos e veículos.

Despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros - despesas com a divulgação e promoção externa dos produtos e serviços da empresa, através da sua veiculação nos meios de comunicação (televisão, rádio, revistas, outdoors, etc.).

Despesas financeiras (inclusive factoring) - despesas relativas a juros, aos descontos de títulos de créditos, ao deságio na colocação de debêntures ou outros títulos.

Despesas não operacionais - despesas não vinculadas à atividade da empresa, não especificadas em outros tópicos, como: despesas com a venda de bens do ativo permanente e na alienação de bens, despesas com a constituição de provisão para perdas prováveis na realização de investimentos e demais despesas consideradas não operacionais.

FGTS - despesa com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço de competência do ano de referência da pesquisa, independente de ter sido paga ou não.

Fretes e carretos pagos ou creditados a terceiros - despesas com fretes e carretos pagos a transportadores autônomos ou a empresas de transportes, decorrentes da compra e distribuição dos produtos.

Gastos de pessoal (total) - soma dos gastos com salários, retiradas e outras remunerações; contribuições para previdência social; FGTS; contribuições para previdência privada; indenizações trabalhistas e os benefícios concedidos aos empregados.

Impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços - valor dos impostos e contribuições incidentes sobre as receitas brutas de vendas e serviços que guardam proporcionalidade sobre o preço de venda, tais como: ISS, PIS incidentes sobre as receitas de bens e serviços e contribuição sobre faturamento (COFINS) calculada com base na receita bruta, e o IPI. Inclui, também, os impostos e contribuições recolhidos via SIMPLES (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições), quando for o caso. Não incluem a contribuição para o PIS calculada sobre receitas que não integram o lucro bruto.

Impostos e taxas - despesas com impostos e taxas tipo IPTU, ITR, IPVA, etc. Não incluem os impostos constantes das deduções da receita bruta (IPI, ISS, PIS, COFINS, etc.), nem a despesa com provisão para o Imposto de Renda.

Indenizações trabalhistas (e por dispensas incentivadas) - despesa relativa às obrigações da empresa decorrentes da dispensa de empregados, tais como: 13º salário, aviso prévio, férias proporcionais, 50% (quarenta por cento) sobre o FGTS. Inclui, também, o valor pago aos empregados dispensados através de programas de demissão voluntária (dispensas incentivadas).

Materiais de construção consumidos - valor dos seguintes materiais consumidos: asfalto, cimento, concreto, tijolos e vergalhões. O valor do asfalto e do concreto refere-se somente ao adquirido das usinas.

Melhorias realizadas no ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Número médio no ano de pessoal ocupado - soma do pessoal ocupado informado mês a mês, dividida pelo número de meses em operação no ano.

Obras e/ou serviços contratados a terceiros - valor das obras e/ou serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos. Inclui os gastos com os trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Outras receitas operacionais - variável derivada, obtida pela soma das variações monetárias ativas; resultados positivos de participações societárias e em sociedade em cota de participação; e, demais receitas operacionais que incluem propriedade licenciada, franquias, recuperação de despesas operacionais de períodos base anteriores, seguros, ressarcimentos de desfalques e roubos, etc.

Outros custos e despesas (total) - demais custos e despesas com: aluguéis e arredamentos; arredamento mercantil; depreciação, amortização e exaustão; propaganda; fretes e carretos; impostos e taxas; prêmios de seguros; royalties e assistência técnica; variações monetárias passivas; despesas financeiras; resultados negativos de participações societárias; serviços prestados por terceiros; demais custos e despesas operacionais (correio, telefone, etc.) e despesas não operacionais.

Pessoal ocupado (em 31.12) - número de pessoas ocupadas, com ou sem vínculo empregatício. Inclui as pessoas afastadas em gozo de férias, licenças, seguros por acidentes, etc., mesmo que estes afastamentos sejam superiores a 15 dias. Não inclui os membros do conselho administrativo, diretor ou fiscal, que não desenvolvem qualquer outra atividade na empresa, os autônomos, e, ainda, o pessoal que trabalha dentro da empresa, mas é remunerado por outras empresas. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa. O pessoal ocupado é a soma do pessoal assalariado ligado e não ligado à atividade de construção e do pessoal não assalariado. Ver itens específicos.

Pessoal ocupado assalariado ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, efetivamente ocupados nas atividades de obras e/ou serviços da construção. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado assalariado não ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, ocupados nas atividades administrativas, de segurança, de limpeza, contábil, de controle gerencial, e, ainda, comerciais, de serviços diversos da construção de transporte, agropastoril, etc., mesmo quando tratadas como custo pela empresa. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado não assalariado - número de proprietários ou sócios com atividades na empresa, inclusive os membros da família sem remuneração. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Prêmios de seguros (imóveis, veículos, etc.) - parcelas de prêmios de seguros do ano de competência da pesquisa, relativas aos bens de propriedade da empresa de construção, tais como: imóveis, veículos, mercadorias, instalações, bem como de responsabilidade civil.

Produção própria realizada para o ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Proprietários e sócios - ver em pessoal ocupado não assalariado.

Receita bruta da locação de mão-de-obra - receita proveniente da locação de mão-de-obra para construção de terceiros.

Receita bruta da revenda de imóveis - receita bruta proveniente da revenda de imóveis adquiridos pela empresa.

Receita bruta da venda de materiais de construção e demolição - receita bruta proveniente da venda desses tipos de materiais.

Receita bruta de obras e/ou serviços da construção executados - receita bruta proveniente da atividade de construção.

Receita bruta de outras atividades - receita bruta proveniente da prestação de serviços diversos da construção, de atividades agropastoris, industriais, limpeza pública, remoção de lixo, medição de água e luz, e administração de rodovias.

Receita bruta de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório - receita bruta proveniente da prestação desses tipos de serviços.

Receita bruta total - variável derivada, obtida pela soma das seguintes receitas brutas: obras e/ou serviços da construção executados; serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; venda de materiais de construção e de demolição; revenda de imóveis; locação de mão-de-obra e outras atividades.

Receita liquida - variável derivada, obtida pela diferença entre a receita bruta e deduções.

Receitas de arrendamento e aluguéis de imóveis, de equipamentos, etc. - recebimentos oriundos de aluguéis e arrendamentos de imóveis, bem como de aluguéis de máquinas e equipamentos e veículos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção em outros países - valores auferidos de clientes em outros países, exclusive os do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas de obras e/ou serviços da construção no exterior - variável derivada, obtida pela soma das receitas das obras e/ou serviços da construção em outros países e no Mercosul. Ver itens específicos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção nos países do Mercosul - valores auferidos de clientes nos países do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas financeiras - receitas financeiras realizadas no exercício, relativas a juros, descontos, rendimentos nominais de aplicações financeiras de renda fixa e fundos de investimentos, ganhos líquidos em operações no mercado de renda variável, prêmio de resgate de títulos ou debêntures, lucro na operação de reporte, etc.

Receitas não operacionais - receitas provenientes de lucros na alienação de bens, ou seja, resultado positivo obtido na venda de bens do ativo permanente, representado pela diferença entre o valor de venda e o valor contábil (custo histórico e depreciado), bem como receitas de reversão do saldo da provisão para perdas prováveis na realização de investimentos.

Resultados negativos de participações societárias e em sociedades em cota de participação - prejuízo na alienação de participações societárias não integrantes do ativo permanente; perdas, por ajustes no valor de investimentos relevantes, decorrentes de prejuízos apurados nas empresas controladas e coligadas; perdas, por ajuste no valor de participação em Sociedades de Capital Privado, avaliadas pelo método de equivalência patrimonial.

Resultados positivos de participações societárias e em sociedade em cota de participação - lucro na alienação de participação societária não integrante do ativo permanente; o lucro e os dividendos derivados de investimentos avaliados pelo custo de aquisição; e todos os demais lucros e ganhos que foram apropriados.

Royalties e assistência técnica - despesas decorrentes da utilização de marcas de terceiros, bem como de contratos de assistência técnica para a utilização da marca.

Salários, retiradas e outras remunerações (total) - soma das importâncias pagas no ano a título de salários fixos, pró-labore, retiradas de sócios e proprietários, honorários, comissões, ajudas de custo, 13o salário, abono de férias, gratificações e participações nos lucros (quando não resultantes de cláusula contratual). Não são deduzidas as parcelas correspondentes às cotas de previdência social (INSS), recolhimento de imposto de renda ou de consignação de interesse dos empregados (aluguel de casa, contas de cooperativas, etc.). Não estão incluídas as diárias pagas a empregados em viagens, honorários e ordenados pagos a membros dos conselhos administrativo, fiscal ou diretor que não exerçam qualquer outra atividade na empresa, indenizações por dispensa incentivada, participações ou comissões pagas a profissionais autônomos. Os salários, retiradas e outras remunerações são investigados, segundo os pagamentos ao pessoal ocupado assalariado ligado ou não à construção e ao pessoal ocupado não assalariado (proprietários e sócios).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado ligado à construção - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado não ligado à construção - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal não assalariado - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiro - despesas com serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos para execução de serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos utilizados no processo produtivo da empresa. Inclui o valor das peças, acessórios, etc., quando computados no preço dos serviços. Inclui os gastos com trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Serviços prestados por terceiros - despesas pagas ou creditadas a profissionais independentes ou a empresas especializadas por serviços prestados a título de: consultoria, auditoria, advocatícios, contabilidade, limpeza, vigilância, serviço de informática, etc. Não incluem as obras e/ou serviços contratados a terceiros e serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros.

Terrenos - custo do(s) terreno(s), proporcional ao desenvolvimento da(s) obra(s) no ano.

Valor adicionado - variável derivada, obtida pela diferença entre o valor bruto da produção (VBP) e o consumo intermediário (CI).

Valor bruto da produção (VBP) - variável derivada, obtida pela soma do valor das obras e/ou serviços da construção; das receitas brutas de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; da venda de materiais de construção e de demolição; da revenda de imóveis; da receita de locação de mão-de-obra; menos custos dos terrenos (refere-se a parte apropriada no ano).

Valor das obras e/ou serviços da construção - valor dos custos e despesas incorridos, mais a proporção do lucro correspondente à execução das obras e/ou serviços da construção efetivamente realizados no ano, mesmo que não tenha sido apropriado. No caso das incorporações próprias, é apropriado o valor incorrido na execução das obras, mesmo que as unidades não tenham sido vendidas.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades privadas e/ou pessoas físicas - valor correspondente às obras e/ou serviços da construção, quando o contratante ou comprador é entidade privada ou pessoa física.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades públicas - valor correspondente às obras e/ou serviços da construção quando o contratante ou comprador é entidade pública, isto é, algum órgão ou empresa subordinada aos governos (federal, estadual ou municipal).

Valor das obras e/ou serviços da construção por tipos de obras e/ou serviços - valor correspondente aos tipos de obras/serviços das classes discriminadas e ao tipo de contrato ou propriedade da obra/serviço. Contratante, única ou principal, é a empresa que é proprietária do empreendimento ou contratada de pessoa(s) física(s) ou jurídica(s) com atividade diversa de construção; subcontratada é a empresa de construção, contratada por outra empresa de construção.

Variações monetárias ativas - receita decorrente de ganhos apurados em razão de variações monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito, com base em índices ou coeficientes aplicáveis por definição legal ou contratual, ou por variações nas taxas de câmbio.

Variações monetárias passivas - despesa relativa às perdas monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito e das obrigações calculadas com base em índices ou coeficientes aplicáveis por disposição legal ou contratual ou por variações nas taxas de câmbio e despesas decorrentes de correção monetária.

Vendas canceladas e descontos incondicionais - importâncias que integram as deduções das receitas brutas, correspondentes às vendas canceladas e descontos incondicionais concedidos.

Variáveis 2002-2007

Aluguéis e arrendamentos (exclusive leasing) - despesas com aluguéis e arrendamentos de imóveis e aluguéis de máquinas, equipamentos e veículos. Inclui também as taxas de condomínio.

Aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis - montante dos recursos aplicados, no ano de referência da pesquisa, na aquisição de bens de permanência duradoura destinados ao funcionamento normal da empresa, identificando-se as aquisições de terceiros, a produção própria realizada para o ativo imobilizado e melhorias. Inclui os gastos necessários para colocar os itens especificados em local e condições de uso no processo operacional da empresa. Melhorias são benfeitorias e melhoramentos que tenham aumentado a vida útil dos bens. Não incluem encargos financeiros decorrentes de financiamento. Os recursos aplicados em aquisições de terceiros, produção própria e melhorias estão discriminados em: terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras aquisições (móveis, microcomputadores, etc.).

Ativo (total) - valor total do ativo da empresa: circulante, realizável a longo prazo e permanente.

Baixas (de ativos tangíveis) - valor residual dos bens, ou seja, os custos de aquisição corrigidos monetariamente e deduzidos dos saldos das contas de depreciação na data em que se deram as baixas. A diferença positiva entre o valor de venda e o valor residual é considerada receita não operacional e a diferença negativa, despesa não operacional. As baixas estão desagregadas em terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras baixas (móveis, microcomputadores, etc.).

Benefícios concedidos aos empregados - despesas com auxílio-refeição, vale-transporte, despesas médicas e hospitalares, creches, auxílio-educação, planos de saúde, seguro de vida em grupo, etc.

Consumo de combustíveis e lubrificantes - gastos incorridos no ano com o consumo de óleo combustível, óleo diesel, querosene, gasolina, etc.

Consumo intermediário - variável derivada, obtida pela soma dos seguintes custos e despesas: consumo de combustíveis e lubrificantes, consumo de materiais de construção, obras e serviços contratados a terceiros, serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros, aluguéis e arredamentos, despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros, prêmios de seguros, royalties e assistência técnica, serviços prestados por terceiros e, despesas não operacionais. Ver itens específicos.

Consumo de materiais de construção - valor dos materiais de construção adquiridos, contabilizados como gastos correntes, incluindo o valor dos fretes referentes à compra dos materiais.

Contribuições para a previdência privada - despesa referente à parte do empregador paga ou creditada a entidades de previdência privada para complementação da aposentadoria dos empregados.

Contribuições para a previdência social - despesa referente à parte do empregador relativa à contribuição para a Previdência Social do pessoal ocupado na empresa.

Custos das obras e/ou serviços da construção (total) - variável derivada, obtida pela soma do consumo de combustíveis e lubrificantes, materiais de construção, custos das obras e/ou serviços contratados a terceiros, custos dos serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade de construção, prestados por terceiros, e o custo dos terrenos (parte apropriada no ano).

Custos e despesas (total) - variável derivada, obtida pela soma dos gastos de pessoal total com os custos das obras e/ou serviços da construção e os outros custos e despesas.

Deduções - variável derivada, obtida pela soma dos valores a serem deduzidos da receita bruta relativos às vendas canceladas e descontos incondicionais, e aos demais impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços, como ISS, COFINS, SIMPLES, etc.

Demais custos e despesas operacionais - despesas com correios, telefone, material de expediente, comissões, água e esgoto, energia elétrica contabilizada como despesa, combustíveis e lubrificantes gastos com meio de transporte, diárias pagas a empregados em viagens, comissões sobre vendas, etc.

Depreciação, amortização e exaustão - despesas com depreciação de ativos de uso operacional ou administrativo e amortização de ativos tangíveis ou de gastos pré-operacionais e exaustão dos ativos intangíveis – recursos minerais e florestais.

Despesas com arrendamento mercantil (leasing) - despesas vinculadas aos contratos de arrendamento mercantil (leasing) de máquinas, equipamentos e veículos.

Despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros - despesas com a divulgação e promoção externa dos produtos e serviços da empresa, através da sua veiculação nos meios de comunicação (televisão, rádio, revistas, outdoors, etc.).

Despesas financeiras (inclusive factoring) - valor pago ou creditado a título de contraprestação de arrendamento mercantil decorrente de contratos celebrados, as despesas relativas a juros, aos descontos de títulos de créditos, ao deságio na colocação de debêntures ou outros títulos.

Despesas não operacionais - despesas não vinculadas à atividade da empresa, não especificadas em outros tópicos, como: despesas com a venda de bens do ativo permanente e na alienação de bens, despesas com a constituição de provisão para perdas prováveis na realização de investimentos e demais despesas consideradas não operacionais.

FGTS - despesa com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço de competência do ano de referência da pesquisa, independente de ter sido paga ou não.

Fretes e carretos pagos ou creditados a terceiros - despesas com fretes e carretos pagos a transportadores autônomos ou a empresas de transportes, decorrentes da compra e distribuição dos produtos.

Gastos de pessoal (total) - soma dos salários, retiradas e outras remunerações com os gastos com previdência social, previdência privada, FGTS, indenizações trabalhistas e os benefícios concedidos aos empregados.

Impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços - valor dos impostos e contribuições incidentes sobre as receitas brutas de vendas e serviços que guardam proporcionalidade sobre o preço de venda, tais como: ISS, PIS incidentes sobre as receitas de bens e serviços e contribuição sobre faturamento (COFINS) calculada com base na receita bruta, e o IPI. Inclui, também, os impostos e contribuições recolhidos via SIMPLES (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições), quando for o caso. Não incluem a contribuição para o PIS calculada sobre receitas que não integram o lucro bruto.

Impostos e taxas - despesas com impostos e taxas tipo IPTU, ITR, IPVA, etc. Não incluem os impostos constantes das deduções da receita bruta (IPI, ISS, PIS, COFINS, etc.), nem a despesa com provisão para o Imposto de Renda.

Indenizações trabalhistas (e por dispensas incentivadas) - despesa relativa às obrigações da empresa decorrentes da dispensa de empregados, tais como: 13º salário, aviso prévio, férias proporcionais, 50% (quarenta por cento) sobre o FGTS. Inclui, também, o valor pago aos empregados dispensados através de programas de demissão voluntária (dispensas incentivadas).

Materiais de construção consumidos - valor dos seguintes materiais consumidos: asfalto, cimento, concreto, tijolos e vergalhões. O valor do asfalto e do concreto refere-se somente ao adquirido das usinas.

Melhorias realizadas no ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Número médio no ano de pessoal ocupado - soma do pessoal ocupado informado mês a mês, dividida pelo número de meses em operação no ano.

Obras e/ou serviços contratados a terceiros - valor das obras e/ou serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos. Inclui os gastos com os trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Outras receitas operacionais - variável derivada, obtida pela soma das variações monetárias ativas; resultados positivos de participações societárias e em sociedade em cota de participação; e, demais receitas operacionais que incluem propriedade licenciada, franquias, recuperação de despesas operacionais de períodos base anteriores, seguros, ressarcimentos de desfalques e roubos, etc.

Outros custos e despesas (total) - referem-se aos demais custos e despesas com: aluguéis e arredamentos; arredamento mercantil; depreciação, amortização e exaustão; propaganda; fretes e carretos; impostos e taxas; prêmios de seguros; royalties e assistência técnica; variações monetárias passivas; despesas financeiras; resultados negativos de participações societárias; serviços não industriais prestados por terceiros; demais custos e despesas operacionais (como, correio, telefone, etc.) e despesas não operacionais. Ver itens específicos.

Pessoal ocupado (em 31.12) - número de pessoas ocupadas, com ou sem vínculo empregatício. Inclui as pessoas afastadas em gozo de férias, licenças, seguros por acidentes, etc., mesmo que estes afastamentos sejam superiores a 15 dias. Não inclui os membros do conselho administrativo, diretor ou fiscal, que não desenvolvem qualquer outra atividade na empresa, os autônomos, e, ainda, o pessoal que trabalha dentro da empresa, mas é remunerado por outras empresas. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa. O pessoal ocupado é a soma do pessoal assalariado ligado e não ligado à atividade de construção e do pessoal não assalariado. Ver itens específicos.

Pessoal ocupado assalariado ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, efetivamente ocupados nas atividades de obras e/ou serviços da construção. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado assalariado não ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, ocupados nas atividades administrativas, de segurança, de limpeza, contábil, de controle gerencial, e, ainda, comerciais, de serviços diversos da construção de transporte, agropastoril, etc., mesmo quando tratadas como custo pela empresa. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado não assalariado - número de proprietários ou sócios com atividades na empresa, inclusive os membros da família sem remuneração. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Prêmios de seguros (imóveis, veículos, etc.) - parcelas de prêmios de seguros do ano de competência da pesquisa, relativas aos bens de propriedade da empresa de construção, tais como: imóveis, veículos, mercadorias, instalações, bem como de responsabilidade civil.

Produção própria realizada para o ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Proprietários e sócios - ver em pessoal ocupado não assalariado.

Receita bruta da locação de mão-de-obra - receita proveniente da locação de mão-de-obra para construção de terceiros.

Receita bruta da revenda de imóveis - receita bruta proveniente da revenda de imóveis adquiridos pela empresa.

Receita bruta da venda de materiais de construção e demolição - - receita bruta proveniente da venda de materiais de construção e de demolição.

Receita bruta de obras e/ou serviços da construção executados - receita bruta proveniente da atividade de construção.

Receita bruta de outras atividades - receita bruta proveniente da prestação de serviços diversos da construção, de atividades agropastoris, industriais, limpeza pública, remoção de lixo, medição de água e luz, e administração de rodovias.

Receita bruta de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório - receita bruta proveniente da prestação desses tipos de serviços.

Receita bruta total - variável derivada, obtida pela soma das seguintes receitas brutas: obras e/ou serviços da construção executados; serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; venda de materiais de construção e de demolição; revenda de imóveis; locação de mão-de-obra e outras atividades.

Receita liquida - variável derivada, obtida pela diferença entre a receita bruta e deduções.

Receitas de arrendamento e aluguéis de imóveis, de equipamentos, etc. - recebimentos oriundos de aluguéis e arrendamentos de imóveis, bem como de aluguéis de máquinas e equipamentos e veículos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção em outros países - valores auferidos de clientes em outros países, exclusive os do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas de obras e/ou serviços da construção no exterior - variável derivada, obtida pela soma das receitas das obras e/ou serviços da construção em outros países e no Mercosul. Ver itens específicos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção nos países do Mercosul - valores auferidos de clientes nos países do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas financeiras - receitas financeiras realizadas no exercício, relativas a juros, descontos, rendimentos nominais de aplicações financeiras de renda fixa e fundos de investimentos, ganhos líquidos em operações no mercado de renda variável, prêmio de resgate de títulos ou debêntures, lucro na operação de reporte, etc.

Receitas não operacionais - receitas provenientes de lucros na alienação de bens, ou seja, resultado positivo obtido na venda de bens do ativo permanente, representado pela diferença entre o valor de venda e o valor contábil (custo histórico e depreciado), bem como receitas de reversão do saldo da provisão para perdas prováveis na realização de investimentos.

Resultados negativos de participações societárias e em sociedades em cota de participação - prejuízo na alienação de participações societárias não integrantes do ativo permanente; perdas, por ajustes no valor de investimentos relevantes, decorrentes de prejuízos apurados nas empresas controladas e coligadas; perdas, por ajuste no valor de participação em Sociedades de Capital Privado, avaliadas pelo método de equivalência patrimonial.

Resultados positivos de participações societárias e em sociedade em cota de participação - lucro na alienação de participação societária não integrante do ativo permanente; o lucro e os dividendos derivados de investimentos avaliados pelo custo de aquisição; e todos os demais lucros e ganhos que foram apropriados.

Royalties e assistência técnica - despesas decorrentes da utilização de marcas de terceiros, bem como de contratos de assistência técnica para a utilização da marca.

Salários, retiradas e outras remunerações (total) - soma das importâncias pagas no ano a título de salários fixos, pró-labore, retiradas de sócios e proprietários, honorários, comissões, ajudas de custo, 13o salário, abono de férias, gratificações e participações nos lucros (quando não resultantes de cláusula contratual). Não são deduzidas as parcelas correspondentes às cotas de previdência social (INSS), recolhimento de imposto de renda ou de consignação de interesse dos empregados (aluguel de casa, contas de cooperativas, etc.). Não estão incluídas as diárias pagas a empregados em viagens, honorários e ordenados pagos a membros dos conselhos administrativo, fiscal ou diretor que não exerçam qualquer outra atividade na empresa, indenizações por dispensa incentivada, participações ou comissões pagas a profissionais autônomos. Os salários, retiradas e outras remunerações são investigados, segundo os pagamentos ao pessoal ocupado assalariado ligado ou não à construção e ao pessoal ocupado não assalariado (proprietários e sócios).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado ligado à construção - ver salários, retiradas e outras remunerações.

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado não ligado à construção - ver salários, retiradas e outras remunerações.

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal não assalariado - ver salários, retiradas e outras remunerações.

Serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiro - despesas com serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos para execução de serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos utilizados no processo produtivo da empresa. Inclui o valor das peças, acessórios, etc., quando computados no preço dos serviços. Inclui os gastos com trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Serviços prestados por terceiros - despesas pagas ou creditadas a profissionais independentes ou a empresas especializadas por serviços prestados a título de: consultoria, auditoria, advocatícios, contabilidade, limpeza, vigilância, serviço de informática, etc. Não incluem as obras e/ou serviços contratados a terceiros e serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros.

Terrenos - custo do(s) terreno(s), proporcional ao desenvolvimento da(s) obra(s) no ano.

Valor adicionado - variável derivada, obtida pela diferença entre o valor bruto da produção (VBP) e o consumo intermediário (CI).

Valor bruto da produção (VBP) - variável derivada, obtida pela soma do valor das obras e/ou serviços da construção; das receitas brutas de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; da venda de materiais de construção e de demolição; da revenda de imóveis; da receita de locação de mão-de-obra; menos custos dos terrenos (refere-se a parte apropriada no ano).

Valor das obras e/ou serviços da construção - corresponde ao valor dos custos e despesas incorridos, mais a proporção do lucro correspondente a execução das obras e/ou serviços da construção efetivamente realizados no ano, mesmo que não tenha sido apropriado. No caso das incorporações próprias, é apropriado o valor incorrido na execução das obras, mesmo que as unidades não tenham sido vendidas.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades privadas e/ou pessoas físicas - corresponde ao valor das obras e/ou serviços da construção quando o contratante ou comprador é entidade privada ou pessoa física.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades públicas - corresponde ao valor das obras e/ou serviços da construção quando o contratante ou comprador é entidade pública, isto é, algum órgão ou empresa subordinada aos governos (Federal, Estadual ou Municipal).

Valor das obras e/ou serviços da construção por tipo de obras e/ou serviços - corresponde ao valor dos tipos de obras/serviços das classes discriminadas e ao tipo de contrato ou propriedade da obra/serviço. Onde contratante única ou principal se refere à empresa que é proprietária do empreendimento ou contratada de pessoa(s) física(s) ou jurídica(s) com atividade diversa de construção, e subcontratada é a empresa de construção, contratada por outra empresa de construção.

Variações monetárias ativas - receita decorrente de ganhos apurados em razão de variações monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito, com base em índices ou coeficientes aplicáveis por definição legal ou contratual, ou por variações nas taxas de câmbio.

Variações monetárias passivas - despesa relativa às perdas monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito e das obrigações calculadas com base em índices ou coeficientes aplicáveis por disposição legal ou contratual ou por variações nas taxas de câmbio e despesas decorrentes de correção monetária.

Vendas canceladas e descontos incondicionais - importâncias que integram as deduções das receitas brutas, correspondentes às vendas canceladas e descontos incondicionais concedidos.

Variáveis a partir de 2007

Aluguéis e arrendamentos (exclusive leasing) - despesas com aluguéis e arrendamentos de imóveis e aluguéis de máquinas, equipamentos e veículos. Inclui também as taxas de condomínio.

Aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis - montante dos recursos aplicados, no ano de referência da pesquisa, na aquisição de bens de permanência duradoura destinados ao funcionamento normal da empresa, identificando-se as aquisições de terceiros, a produção própria realizada para o ativo imobilizado e melhorias. Inclui os gastos necessários para colocar os itens especificados em local e condições de uso no processo operacional da empresa. Melhorias são benfeitorias e melhoramentos que tenham aumentado a vida útil dos bens. Não incluem encargos financeiros decorrentes de financiamento. Os recursos aplicados em aquisições de terceiros, produção própria e melhorias estão discriminados em: terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras aquisições (móveis, microcomputadores, etc.).

Ativo (total) - valor total do ativo da empresa: circulante, realizável a longo prazo e permanente.

Baixas (de ativos tangíveis) - valor residual dos bens, ou seja, os custos de aquisição corrigidos monetariamente e deduzidos dos saldos das contas de depreciação na data em que se deram as baixas. A diferença positiva entre o valor de venda e o valor residual é considerada receita não operacional e a diferença negativa, despesa não operacional. As baixas estão desagregadas em terrenos e edificações, máquinas e equipamentos, meios de transporte e outras baixas (móveis, microcomputadores, etc.).

Benefícios concedidos aos empregados - despesas com auxílio-refeição, vale-transporte, despesas médicas e hospitalares, creches, auxílio-educação, planos de saúde, seguro de vida em grupo, etc.

Comissões pagas a terceiros (corretores de imóveis, imobiliária, etc.) - valor pago ou creditado a terceiros a título de comissões.

Consumo de combustíveis e lubrificantes - gastos incorridos no ano com o consumo de óleo combustível, óleo diesel, querosene, gasolina, etc.

Consumo intermediário - CI - variável derivada, obtida pela soma dos seguintes custos e despesas: consumo de combustíveis e lubrificantes; consumo de materiais de construção; obras e/ou serviços contratados a terceiros; serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros; materiais de construção; obras contratadas; serviços de engenharia e arquitetura; aluguéis e arredamentos (exclusive leasing); despesas com arrendamento mercantil no ano; despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros; fretes e carretos pagos ou creditados a terceiros; prêmios de seguros (imóveis, veículos, etc.); royalties e assistência técnica; custos de aquisição de imóveis para revenda; serviços prestados por terceiros; e demais custos e despesas operacionais. Ver itens específicos.

Consumo de materiais de construção - valor dos materiais de construção adquiridos, contabilizados como gastos correntes, incluindo o valor dos fretes referentes à compra dos materiais.

Contribuições para a previdência privada - despesa referente à parte do empregador paga ou creditada a entidades de previdência privada para complementação da aposentadoria dos empregados.

Contribuições para a previdência social - despesa referente à parte do empregador relativa à contribuição para a Previdência Social do pessoal ocupado na empresa.

Custos da aquisição de imóveis para revenda - custo pago ou creditado a título de aquisição de imóveis para revenda.

Custos das obras e/ou serviços da construção (total) - variável derivada, obtida pela soma do consumo de combustíveis e lubrificantes, materiais de construção, custos das obras e/ou serviços contratados a terceiros, custos dos serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade de construção, prestados por terceiros, e o custo dos terrenos (parte apropriada no ano).

Custos de incorporação de imóveis construídos por terceiros (total) - variável derivada obtida pela soma dos materiais de construção, obras contratadas, serviços de engenharia e arquitetura e custos dos terrenos.

Custos dos terrenos - valor dos custos dos terrenos proporcional às obras executadas no ano.

Custos e despesas (total) - variável derivada, obtida pela soma dos gastos de pessoal total com os custos das obras e/ou serviços da construção e os outros custos e despesas.

Deduções - variável derivada, obtida pela soma dos valores a serem deduzidos da receita bruta relativos às vendas canceladas e descontos incondicionais, e aos demais impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços, como ISS, COFINS, SIMPLES, etc.

Demais custos e despesas operacionais - despesas com correios, telefone, material de expediente, comissões, água e esgoto, energia elétrica contabilizada como despesa, combustíveis e lubrificantes gastos com meio de transporte, diárias pagas a empregados em viagens, comissões sobre vendas, etc.

Demais receitas operacionais - variável derivada, obtida pela soma das variações monetárias ativas; resultados positivos de participações societárias e em sociedade em conta de participação; e demais receitas operacionais que incluem propriedade licenciada, franquias, recuperação de despesas operacionais de períodos bases anteriores, seguros, ressarcimentos de desfalques e roubos, etc.

Demais custos e despesas (total) - demais custos e despesas com: aluguéis e arrendamentos; arrendamento mercantil; depreciação, amortização e exaustão; propaganda; fretes e carretos; impostos e taxas; prêmios de seguros; royalties e assistência técnica; variações monetárias passivas; despesas financeiras; custos da aquisição de imóveis para revenda; resultados negativos de participações societárias; comissões pagas a terceiros; serviços prestados por terceiros; demais custos e despesas operacionais (correio, telefone, etc.); e outras despesas.

Depreciação, amortização e exaustão - despesas com depreciação de ativos de uso operacional ou administrativo e amortização de ativos tangíveis ou de gastos pré-operacionais e exaustão dos ativos intangíveis – recursos minerais e florestais.

Despesas com arrendamento mercantil (leasing) - despesas vinculadas aos contratos de arrendamento mercantil (leasing) de máquinas, equipamentos e veículos.

Despesas com propaganda pagas ou creditadas a terceiros - despesas com a divulgação e promoção externa dos produtos e serviços da empresa, através da sua veiculação nos meios de comunicação (televisão, rádio, revistas, outdoors, etc.).

Despesas financeiras (inclusive factoring) - despesas relativas aos juros, aos descontos de títulos de créditos, ao deságio na colocação de debêntures ou outros títulos.

FGTS - despesa com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço de competência do ano de referência da pesquisa, independente de ter sido paga ou não.

Fretes e carretos pagos ou creditados a terceiros - despesas com fretes e carretos pagos a transportadores autônomos ou a empresas de transportes, decorrentes da compra e distribuição dos produtos.

Gastos de pessoal (total) -soma dos gastos com salários, retiradas e outras remunerações; contribuições para previdência social; FGTS; contribuições para previdência privada; indenizações trabalhistas e por dispensas incentivadas; e benefícios concedidos aos empregados.

Impostos e contribuições incidentes sobre as vendas e serviços - valor dos impostos e contribuições incidentes sobre as receitas brutas de vendas e serviços que guardam proporcionalidade sobre o preço de venda, tais como: ISS, contribuição sobre faturamento (COFINS) calculada com base na receita bruta, e IPI. Inclui, também, os impostos e contribuições recolhidos via SIMPLES (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições), quando for o caso.

Impostos e taxas - despesas com impostos e taxas tipo IPTU, ITR, IPVA, etc. Não incluem os impostos constantes das deduções da receita bruta (IPI, ISS, PIS, COFINS, etc.), nem a despesa com provisão para o Imposto de Renda.

Indenizações trabalhistas (e por dispensas incentivadas) - despesa relativa às obrigações da empresa decorrentes da dispensa de empregados, tais como: 13º salário, aviso prévio, férias proporcionais, 50% (cinquenta por cento) sobre o FGTS. Incluem, também, o valor pago aos empregados dispensados através de programas de demissão voluntária (dispensas incentivadas).

Materiais de construção - valor dos materiais de construção consumidos, incluindo os fretes, referente à incorporação de imóveis construídos por terceiros.

Materiais de construção consumidos - valor dos seguintes materiais consumidos: asfalto, cimento, concreto, tijolos e vergalhões. O valor do asfalto e do concreto refere-se somente ao adquirido das usinas.

Melhorias realizadas no ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Número médio no ano de pessoal ocupado - soma do pessoal ocupado informado mês a mês, dividida pelo número de meses em operação no ano.

Obras contratadas - valor pago ou creditado às empresas especializadas em obras ou aos trabalhadores autônomos.

Obras e/ou serviços contratados a terceiros - valor das obras e/ou serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos. Incluem os gastos com os trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Outras despesas - despesas não vinculadas à atividade da empresa, não especificadas em outros tópicos, como: despesas com a venda de bens do ativo permanente e na alienação de bens, despesas com a constituição de provisão para perdas prováveis na realização de investimentos e demais despesas consideradas não operacionais.

Outras receitas - receitas provenientes de lucros na alienação de bens, ou seja, resultado positivo obtido na venda de bens do ativo permanente, representado pela diferença entre o valor de venda e o valor contábil (custos histórico e depreciado), bem como receitas de reversão do saldo da provisão para perdas prováveis na realização de investimentos.

Pessoal ocupado (em 31.12) - número de pessoas ocupadas, com ou sem vínculo empregatício. Inclui as pessoas afastadas em gozo de férias, licenças, seguros por acidentes, etc., mesmo que estes afastamentos sejam superiores a 15 dias. Não inclui os membros do conselho administrativo, diretor ou fiscal, que não desenvolvem qualquer outra atividade na empresa, os autônomos, e, ainda, o pessoal que trabalha dentro da empresa, mas é remunerado por outras empresas. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa. O pessoal ocupado é a soma do pessoal assalariado ligado e não ligado à atividade de construção e do pessoal não assalariado. Ver itens específicos.

Pessoal ocupado assalariado ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, efetivamente ocupados nas atividades de obras e/ou serviços da construção. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado assalariado não ligado à construção - número de assalariados contratados diretamente pela empresa, ocupados nas atividades administrativas, de segurança, de limpeza, contábil, de controle gerencial, e, ainda, comerciais, de serviços diversos da construção de transporte, agropastoril, etc., mesmo quando tratadas como custo pela empresa. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

Pessoal ocupado não assalariado - número de proprietários ou sócios com atividades na empresa, inclusive os membros da família sem remuneração. As informações referem-se à data de 31.12 do ano de referência da pesquisa.

PIS/PASEP - despesa creditada ou paga a título de PIS e PASEP incidente sobre a receita bruta.

Prêmios de seguros (imóveis, veículos, etc.) - parcelas de prêmios de seguros do ano de competência da pesquisa, relativas aos bens de propriedade da empresa de construção, tais como: imóveis, veículos, mercadorias, instalações, bem como de responsabilidade civil.

Produção própria realizada para o ativo imobilizado - ver em aquisições (exceto leasing), produção própria e melhorias de ativos tangíveis.

Proprietários e sócios - ver em pessoal ocupado não assalariado.

Receita bruta de incorporação de imóveis, construído(s) por outra(s) empresas(s) - receita bruta proveniente de incorporação de imóveis, construídos por outras empresas.

Receita bruta da locação de mão-de-obra - receita proveniente da locação de mão-de-obra para construção de terceiros.

Receita bruta da revenda de imóveis - receita bruta proveniente da revenda de imóveis adquiridos pela empresa.

Receita bruta da venda de materiais de construção e demolição - receita bruta proveniente da venda desses tipos de materiais.

Receita bruta de obras e/ou serviços da construção executados - receita bruta proveniente da atividade de construção.

Receita bruta de outras atividades - receita bruta proveniente da prestação de serviços diversos da construção, de atividades agropastoris, industriais, limpeza pública, remoção de lixo, medição de água e luz, e administração de rodovias.

Receita bruta de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório - receita bruta proveniente da prestação desses tipos de serviços.

Receita bruta total - variável derivada, obtida pela soma das seguintes receitas brutas: obras e/ou serviços da construção executados; serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; venda de materiais de construção e de demolição; revenda de imóveis; locação de mão-de-obra e outras atividades.

Receita liquida - variável derivada, obtida pela diferença entre a receita bruta e deduções.

Receitas de arrendamento e aluguéis de imóveis, de equipamentos, etc. - recebimentos oriundos de aluguéis e arrendamentos de imóveis, bem como de aluguéis de máquinas e equipamentos e veículos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção em outros países - valores auferidos de clientes em outros países, exclusive os do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas de obras e/ou serviços da construção no exterior - variável derivada, obtida pela soma das receitas das obras e/ou serviços da construção em outros países e no Mercosul. Ver itens específicos.

Receitas de obras e/ou serviços da construção nos países do Mercosul - valores auferidos de clientes nos países do Mercosul, inclusive as participações societárias internacionais.

Receitas financeiras - receitas financeiras realizadas no exercício, relativas a juros, descontos, rendimentos nominais de aplicações financeiras de renda fixa e fundos de investimentos, ganhos líquidos em operações no mercado de renda variável, prêmio de resgate de títulos ou debêntures, lucro na operação de reporte, etc.

Resultados negativos de participações societárias e em sociedades em cota de participação - perdas na alienação de investimentos, resultados não operacionais em investimentos pela equivalência patrimonial ou pelo custo de aquisição, ganho na alienação ou baixa de imobilizado, valor líquido de bens baixados e baixa de ativos diferidos.

Resultados positivos de participações societárias e em sociedade em cota de participação - ganhos na alienação de investimentos, resultados não operacionais em investimentos pela equivalência patrimonial ou pelo custo de aquisição, ganho na alienação ou baixa de imobilizado, valor líquido de bens baixados e baixa de ativos diferidos.

Royalties e assistência técnica - despesas decorrentes da utilização de marcas de terceiros, bem como de contratos de assistência técnica para a utilização da marca.

Salários, retiradas e outras remunerações (total) - soma das importâncias pagas no ano a título de salários fixos, pró-labore, retiradas de sócios e proprietários, honorários, comissões, ajudas de custo, 13o salário, abono de férias, gratificações e participações nos lucros (quando não resultantes de cláusula contratual). Não são deduzidas as parcelas correspondentes às cotas de previdência social (INSS), recolhimento de imposto de renda ou de consignação de interesse dos empregados (aluguel de casa, contas de cooperativas, etc.). Não estão incluídas as diárias pagas a empregados em viagens, honorários e ordenados pagos a membros dos conselhos administrativo, fiscal ou diretor que não exerçam qualquer outra atividade na empresa, indenizações por dispensa incentivada, participações ou comissões pagas a profissionais autônomos. Os salários, retiradas e outras remunerações são investigados, segundo os pagamentos ao pessoal ocupado assalariado ligado ou não à construção e ao pessoal ocupado não assalariado (proprietários e sócios).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado ligado à construção - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal assalariado não ligado à construção - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Salários, retiradas e outras remunerações do pessoal não assalariado - ver em salários, retiradas e outras remunerações (total).

Serviços de engenharia e arquitetura (topografia, sondagem, controle tecnológico, etc.) - valor pago ou creditado às empresas especializadas ou trabalhadores autônomos.

Serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiro - despesas com serviços pagos ou creditados às empresas especializadas ou aos trabalhadores autônomos para execução de serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos utilizados no processo produtivo da empresa. Inclui o valor das peças, acessórios, etc., quando computados no preço dos serviços. Incluem os gastos com trabalhadores sem vínculo, não considerados como assalariados.

Serviços prestados por terceiros - despesas pagas ou creditadas a profissionais independentes ou a empresas especializadas por serviços prestados a título de: consultoria, auditoria, advocatícios, contabilidade, limpeza, vigilância, serviço de informática, etc. Não incluem as obras e/ou serviços contratados a terceiros e serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos ligados à atividade, prestados por terceiros.

Terrenos - custo do(s) terreno(s), proporcional ao desenvolvimento da(s) obra(s).

Valor adicionado - variável derivada, obtida pela diferença entre o valor bruto da produção (VBP) e o consumo intermediário (CI).

Valor bruto da produção (VBP) - variável derivada, obtida pela soma do valor das obras e/ou serviços da construção; da receita bruta de incorporação de i móveis; das receitas brutas de serviços técnicos de escritório, de campo e de laboratório; da venda de materiais de construção e de demolição; da revenda de imóveis; da receita de locação de mão-de-obra; das receitas de outras atividades; da outra receita de aluguel e arrendamento; menos o somatório das vendas canceladas e descontos incondicionais; dos impostos e contribuições incidentes sobre os serviços e vendas; do PIS e PASEP; dos custos dos terrenos e terrenos de construção.

Valor das obras e/ou serviços da construção por tipo de cliente - valor dos custos e despesas incorridos, mais a proporção do lucro correspondente à execução das obras e/ou serviços da construção efetivamente realizados no ano, mesmo que não tenha sido apropriado. No caso das incorporações próprias, é apropriado o valor incorrido na execução das obras, mesmo que as unidades não tenham sido vendidas.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades privadas e/ou pessoas físicas - valor correspondente às obras e/ou serviços da construção quando o contratante ou comprador é entidade privada ou pessoa física.

Valor das obras e/ou serviços da construção - entidades públicas - valor correspondente às obras e/ou serviços da construção quando o contratante ou comprador é entidade pública, isto é, algum órgão ou empresa subordinada aos governos federal, estadual ou municipal.

Valor dos tipos de obras e/ou serviços da construção executados no ano - valor correspondente aos tipos de obras/serviços das classes discriminadas e ao tipo de contrato ou propriedade da obra/serviço. Contratante, única ou principal, é a empresa que é proprietária do empreendimento ou contratada de pessoa(s) física(s) ou jurídica(s) com atividade diversa de construção; subcontratada é a empresa de construção, contratada por outra empresa de construção.

Variações monetárias ativas - receita decorrente de ganhos apurados em razão de variações monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito, com base em índices ou coeficientes aplicáveis por definição legal ou contratual, ou por variações nas taxas de câmbio.

Variações monetárias passivas - despesa relativa às perdas monetárias resultantes da atualização dos direitos de crédito e das obrigações calculadas com base em índices ou coeficientes aplicáveis por disposição legal ou contratual ou por variações nas taxas de câmbio e despesas decorrentes de correção monetária.

Vendas canceladas e descontos incondicionais - importâncias que integram as deduções das receitas brutas, correspondentes às vendas canceladas e descontos incondicionais concedidos.